Fique por dentro do Colégio Murialdo

Obras Sociais

Murialdo (Mantenedora), sendo instituição filantrópica, possui mais de uma dezena de Obras Sociais em todo o Brasil, com o trabalho voltado especialmente ao atendimento de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

Associação Protetora da Infância – Porto Alegre (RS)

Histórico

Os Josefinos de Murialdo estão presentes em Porto Alegre desde 19 de março de 1954 por meio da Associação Protetora da Infância que foi fundada oficialmente em 1965 e recebe este nome em homenagem a São Leonardo Murialdo fundador da Congregação Religiosa que dedicou sua vida na busca de melhores condições para os menos favorecidos da sociedade. A instituição está localizada na periferia da região Leste, Bairro São José/Partenon, mais especificamente na comunidade Morro da Cruz e destaca-se na defesa e conquista dos direitos humanos.

 

Em sua história de atuação em campo de ação social e educacional e promoção dos atendidos, prioritariamente, com crianças, adolescentes e jovens empobrecidos, a instituição tem como base a qualificação profissional e a educação formal e popular, possibilitando aos jovens o acesso ao mercado de trabalho.

 

Guiada pela Pedagogia do Amor – Educação do Coração, a instituição tem a missão e o compromisso com a VIDA e desenvolve seu potencial educativo, cultural e evangelizador por meio dos programas e projetos sociais, visando o crescimento e desenvolvimento local, como também, o resgate da autoestima e envolvimento da comunidade na superação das dificuldades tanto familiar quanto comunitária.

 

A Instituição conta com profissionais qualificados que dentro das suas competências e habilidades dedicam seus conhecimentos em prol dos menos favorecidos que vivem em situação de risco e vulnerabilidade social. A equipe de atendimento é multidisciplinar, pois se entende que todas as áreas de saberes devem somar para garantir um resultado de excelência.

 

Serviço de Fortalecimento de Vínculos (06 a 17 anos)

Descrição de Ação: Oferecer às crianças e adolescentes atividades que proporcionem o desenvolvimento de habilidades e uma experiência de sociabilidade em ambiente protegido, resgatando as potencialidades e criando valores e atitudes que contribuam decisivamente para sua formação, crescimento e desenvolvimento físico, cognitivo, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e dignidade. Seus objetivos: 1. Oferecer atividades lúdicas e recreativas, musicalidade, teatro e esportivas; 2. Estabelecer um espaço de proteção conforme o preconizado no Estatuto da Criança e do Adolescente; 3. Reduzir os índices de acolhimento institucional; 4. Fortalecer os vínculos familiares; 5. Reduzir as evasões e faltas escolares; 6. Melhorar o desempenho e a frequência escolar; 7. Aumentar o desenvolvimento cognitivo e motor; 8. Estimular a sociabilidade e o respeito às regras e normas e convivência.

Público-Alvo: Crianças e adolescentes de 06 a 17 anos.

Quantidade: 240 atendidos

 

CENTRO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL MURIALDO

O Programa Cidade Escola

Parceria: Secretaria Municipal de Educação e ILEM

 

Descrição de ação: Proteção integral a 100 crianças e adolescentes do Ensino Fundamental das Escolas Públicas do Município de Porto Alegre; Escola Municipal Judith e Escola Municipal Morro da Cruz, no turno inverso à escola regular através das oficinas de artesanato, dança, música, apoio pedagógico com ênfase no numeramento e letramento, iniciação cientifica e educação sensível, passeios e recreação. O público atendido conta com acompanhamento de assistente social, uma pedagoga, uma psicóloga, uma nutricionista e educadores. O programa proporciona atividades complementares ao turno regular, por meio da Educação Integral, além da prática de esportes, inclusão digital, oficinas de direitos humanos e cidadania, projetos de orientação, apoio e formação nos valores humanos, alimentação e orientação de saúde, higiene e prevenção. Também oferece espaço de leitura através da Biblioteca Comunitária Ilê Ará com o empréstimo de livros, contação de histórias e mediação de leitura, pesquisa e consulta no local.

Público-Alvo: Crianças e adolescentes de 06 a 12 anos.

Quantidade: 100 atendidos

 

Programa do Governo Federal – Jovem Aprendiz

Parcerias: Empresas, Hospitais, Clínicas

Descrição da Ação: Oferecer aos adolescentes, jovens e adultos um espaço de aprendizado teórico e prático nas diversas áreas do saber, como forma de apresentá-los ao mundo cultural e do trabalho, com base legal no Artigo 68 do ECA e demais legislações vigentes, possibilitando a qualificação profissional a partir dos quatro pilares da educação (aprender a conhecer, a fazer, a conviver e a ser). 1. Promover a capacitação e qualificação profissional dos jovens nas áreas de Auxiliar de Higienização, de Alimentação, Administrativo, Música, Informática e outras; 2. Aplicar os conhecimentos adquiridos na capacitação, fazendo o contraponto entre o saber teórico e o fazer; 3. Encaminhar os jovens para o mundo do trabalho, formal e informal; 4. Formar e acompanhar grupos de produção; 4. Investir e garantir a parceria primando o objetivo maior que é a qualificação dos jovens e sua inclusão no mundo do trabalho.

 

O programa busca possibilitar a qualificação de adolescentes e jovens oriundos da comunidade do Morro da Cruz, Bairro São José/Partenon e arredores como também, outras regiões de Porto Alegre nos Cursos de Auxiliar de Alimentação, Auxiliar de Higienização, Auxiliar Administrativo Bancário, Empresarial e Hospitalar qualificando os jovens da grande Porto Alegre, capacitando e inserindo-os no mundo do trabalho formal, bem como promove a valorização do seu papel social como protagonista no mundo do trabalho.

 

As ações ocorrem de segunda a sexta feira nos turnos da manhã e tarde, sendo que eles passam 4 dias nas empresas parceiras fazendo a parte prática da aprendizagem e um dia, na Instituição para o estudo teórico. 

 

Este programa é um marco para a região, famílias, instituição e sociedade, pois, muitos que ingressam permanecem empregados nos locais isto, empresas, hospitais e clínicas antes mesmo de concluírem o curso. Esta ação foi e continua sendo muito bem vista, pois, concretamente contribui no combate à evasão escolar, ociosidade e os ajuda a serem proativos e esperançosos.

Público-Alvo: Adolescentes e jovens  

Quantidade: 170 atendidos

 

Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculo - Projeto Morro da Cruz para Vida-Ação e Biblioteca Ilê Ará

Parcerias: Empresas e órgãos públicos

Descrição da Ação: Proporcionar aos atendidos atividades lúdico-recreativas de desportos coletivos e individuais, oficinas de Cidadania, Oficinas de Letramento, contação e mediação de leitura, Meio Ambiente, Arte e Cultura, utilizando o esporte para promoção da saúde, socialização e lazer dos indivíduos. Auxiliar no desenvolvimento biopsicossocial de forma harmoniosa, possibilitando redução e/ou erradicação do uso de drogas e do trabalho degradante do tráfico de drogas que coloca nossas crianças, adolescentes e jovens em riscos permanentes e investir na permanecia dos atendidos na escola regular. 1. Reduzir o índice de crianças e jovens envolvidos com o tráfico de drogas; 2. Minimizar os riscos do uso de drogas, através da prevenção e da redução de danos; 3. Contribuir para o desempenho sócio educativo; 4. Proporcionar maior saúde física e mental aos atendidos; 5. Estimular a perseverança, cidadania e solidariedade; 6. Estimular o raciocínio e a criatividade, que mantém os jovens afastados das drogas.

Público-alvo:  Crianças e adolescentes de 9 a 16 anos 

Quantidade: 405 atendidos

 

Serviço de Atendimento às Famílias

Descrição da Ação: É ofertada aos atendidos e à comunidade um local para escuta, orientação, encaminhamentos e inclusão nas questões das políticas públicas e de acesso aos serviços da comunidade. São realizadas entrevistas, atendimento individual, visita domiciliar, busca ativa, fornecimento de vale-transporte, encaminhamento para documentação e outros, como também, acompanhamento individual e formação quinzenal do grupo, onde as atendidas tiveram a oportunidade de expressar seus anseios, suas preocupações, angustias e sonhos de melhorias para o coletivo e individual.

 

A procura espontânea faz com que o número de atendidos pelo convênio seja facilmente ultrapassado, além das atividades dos técnicos sociais de busca ativa e participações em grupo socioeducativos, de convivência e de desenvolvimento familiar, onde a participação e construção das ações são planejadas e pensadas coletivamente.

 

Público-Alvo: Crianças e adolescentes de 09 a 16 anos  

Quantidade: 500 famílias

 

ASSOCIAÇÃO PROTETORA DA INFÂNCIA - Porto Alegre (RS)

Rua Vidal de Negreiros, 423

Bairro São José

Fone: (51) 3318.1732

Matricule seu filho no Murialdo